CGL

Gauchão de Literatura 2011

Autores? Livros? Juízes? Futebol e literatura? Sim! Estamos todos de volta aos gramados com o objetivo de fomentar a fortuna crítica sobre o mercado editorial gaúcho. A primeira edição do Campeonato Gaúcho de Literatura aconteceu de junho a dezembro de 2010. Inspirado na Copa de Literatura (que, por sua vez, teve inspiração no Tournament of Books realizado pelo The Morning News), o projeto muda o gênero apreciado em 2011 e convoca narrativas longas (romances e novelas) publicadas em 2009 e 2010 por autores gaúchos ou radicados no Rio Grande do Sul.

A partir de uma pesquisa exaustiva, chegamos a 48 títulos. Convite feito para as editoras, fechamos a lista oficial de concorrentes. O sorteio das chaves foi feito um junho, utilizando a lista de livros e gerando as sequências no site Random.org.

O esquema das partidas continua o mesmo do ano passado: juízes convidados sinalizam seus impedimentos e recebem dois livros, ficando responsáveis pela elaboração de uma resenha que aponte méritos e falhas e faça uma comparação direta entre os dois livros do jogo. A fórmula do campeonato, tendo em vista o grande número de participantes, foi alterada.

Na primeira e segunda fases, os jogos serão mata-mata. Mais emocionante, conforme os pedidos da torcida. Quando chegarmos a 12 concorrentes, na terceira fase, faremos jogos triangulares, com 4 grupos de 3 livros cada. Os melhores disputam a semifinal, e os dois vencedores disputam a final.

Os jogos serão publicados sempre às segundas e quintas-feiras, às 10h. Na terceira fase, teremos três jogos por semana, publicados às segundas, quartas e sextas-feiras, às 10h.

O Gauchão de Literatura é organizado por Lu Thomé (@luthome) e Rodrigo Rosp (@rodrigorosp). No ano passado, o projeto foi indicado como finalista ao Prêmio Fato Literário, promovido pela RBS, e recebeu o troféu de Destaque Literário (Destaque em Mídia Digital e Destaque em Projeto de Incentivo à Leitura) do Prêmio Açorianos de Literatura 2010, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre.

E aí? Topa entrar em campo novamente com a gente?

7 respostas para CGL

  1. JLM disse:

    tão legal a iniciativa, q já comecei a sonhar aqui com vários estaduais de literatura, na sequência do gauchão. parabéns, fiquei agradavelmente surpreso com a ideia. um dia, quem sabe, ainda vejo o goianão de literatura, hehehe. 1 abraço.

  2. FM disse:

    O primeiro jogo foi eletrizante. Juiz de primeira, não engole mão na bola.
    O StudioClio teria prazer em apresentar em seu palco e tela a final deste campeonato, com pipoca e cerveja boa.

  3. LIONIRA KOMOSINSKI disse:

    Amanhã teremos um grande jogo. Joselma Noal e Lia Luft são dois nomes de peso. Conheço as duas obras. Gosto demais dos contos da Joselma: curtos, modernos, às vezes surpreendem o leitor logo após as primeiras linhas, mas mesmo assim o prendem até o final; aborda temas do momento, como a crônica… mes sem perder a profundidade da boa literatura. Torço pelo “Aroma hortelã…”

  4. Uili Bergamin disse:

    Descobri o campeonato só agora. Achei o máximo. Sou escritor de Caxias do Sul. Posso participar nas próximas edições?

    • Lu Thomé disse:

      Oi Uili!
      Obrigada! No ano que vem, o Gauchão vai contemplar livros de narrativa longa. Já estamos fazendo a lista prévia de possíveis concorrentes. Se tiveres lançado um livro do gênero, por favor, nos avise!
      Abraço!

  5. Oi Lu!

    O CGL é o blog de quinta da quitanda hoje: http://quitandinha.blogspot.com/2011/12/blog-de-quinta-gauchao-de-literatura.html

    Espero que vocês gostem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s