EDIÇÃO 2010 – Contos

Gauchão de Literatura 2010

A primeira edição do Campeonato Gaúcho de Literatura ocorreu de junho a dezembro de 2010. Em campo, 27 livros de contos, de autores gaúchos ou radicados no Estado, disputaram o título. Nesta seção do site, estão arquivados os links dos jogos, as tabelas da competição e as sinopses dos livros que participaram do projeto.

Campeão do Gauchão de Literatura 2010
Pó de parede
, de Carol Bensimon (Não Editora / 2008)

JOGOS GAUCHÃO 2010

FINAL

28/12Pó de parede x Veja se você responde essa pergunta
Juízes: Carlos André Moreira, Luiz Gonzaga Lopes e Marcelo Frizon

TERCEIRA FASE

29/11Fora do lugar x Veja se você responde essa pergunta
Juiz: Fábio Prikladnicki

25/11Pó de parede x Um guarda-sol na noite
Juiz: Ronald Augusto

22/11Entre facas x Fora do lugar
Juiz: Leandro Sarmatz

18/11Trocando em miúdos x Pó de parede
Juiz: Lucas Murtinho

15/11Entre facas x Veja se você responde essa pergunta
Juíza: Joana Bosak

11/11Trocando em miúdos x Um guarda-sol na noite
Juiz: Marcelo Frizon

SEGUNDA FASE

08/11Entre facas x O batedor de faltas
Juiz: Fabrício Carpinejar

01/11Escuro, claro x O girassol na ventania
Juíza: Luciana Vicente

28/10Play x Trocando em miúdos
Juiz: Paulo Tedesco

25/10Das travessias I x O batedor de faltas
Juíza: Marianna Soares

21/10As grades do céu x Flores da cor da terra
Juiz: Delfin

18/10Minicontando x Um guarda-sol na noite
Juiz: Guilherme Brendler

14/10Fora do lugar x O girassol na ventania
Juiz: Flávio Ilha

11/10Play x Veja se você responde essa pergunta
Juiz: Eric Novello

7/10As grades do céu x Pó de parede
Juiz: Marlon de Almeida

4/10Atalhos x Um guarda-sol na noite
Juiz: Guilherme Montana

30/9Escuro, claro x Fora do lugar
Juiz: Felippe Cordeiro

27/9Trocando em miúdos x Veja se você responde essa pergunta
Juiz: Felipe Polydoro

23/9Das travessias I x Entre facas
Juiz: Alessandro Garcia

20/9Flores da cor da terra x Pó de parede
Juíza: Tatiana Tavares

16/9Atalhos x Minicontando
Juiz: Bernardo Moraes

PRIMEIRA FASE

9/9Escuro, claro x Um guarda-sol na noite
Juiz: Diego Petrarca

6/9Das travessias I x Veja se você responde essa pergunta
Juiz: Jeferson Tenório

2/9Raiva nos raios de sol x Trocando em miúdos
Juiz: Pedro Mandagará

30/8Fora do lugar x Tempos frágeis
Juiz: Sidnei Schneider

26/8O batedor de faltas x O Ideograma Impronunciável
Juiz: Daniel Weller

23/8Aroma hortelã x As grades do céu
Juiz: Tailor Diniz

19/8Play x Pó de parede
Juíza: Renata Wolff

16/8Cris, a fera x O girassol na ventania
Juiz: Milton Ribeiro

12/8Mar quente x No limite dos sentidos
Juíza: Emily Canto Nunes

9/8Escuro, claro x O homem perplexo
Juiz: Christian David

5/8Sinfonia às avessas x Veja se você responde essa pergunta
Juíza: Daniela Langer

2/8Guerrilha e solidão x Trocando em miúdos
Juiz: Diego Grando

29/7Entre facas x Tempos frágeis
Juíza: Amanda Zampieri

26/7Flores da cor da terra x O batedor de faltas
Juiz: Pedro Gonzaga

22/7Aroma hortelã x O silêncio dos amantes
Juíza: Lu Thomé

19/7A raiz dos louros x Pó de parede
Juíza: Nóia Kern

15/7Minicontando x O girassol na ventania
Juiz: Rafael Jacobsen

12/7Atalhos x No limite dos sentidos
Juíza: Taize Odelli

8/7O homem perplexo x Um guarda-sol na noite
Juiz: Antônio Xerxenesky

5/7Das travessias I x Sinfonia às avessas
Juíza: Gabriela Silva

1º/7Guerrilha e solidão x Raiva nos raios de sol
Juiz: Fernando Ramos

28/6Entre facas x Fora do lugar
Juíza: Cássia Zanon

24/6Flores da cor da terra x O Ideograma Impronunciável
Juiz: Marcelo Spalding

21/6As grades do céu x O silêncio dos amantes
Juiz: Reginaldo Pujol Filho

17/6A raiz dos louros x Play
Juiz: Bruno Mattos

14/6Cris, a fera x Minicontando
Juiz: Gustavo Faraon

10/6Atalhos x Mar quente
Juiz: Carlos André Moreira

TABELAS DE JOGOS

Tabela final – Faça o download do PDF atualizado com a tabela final do Gauchão de Literatura 2010.

—————–

Tabela terceira fase – Faça o download do PDF atualizado com a tabela completa dos grupos de jogos, incluindo relação dos juízes e datas de publicação.

Classificação terceira fase – Faça o download do PDF atualizado com a pontuação dos concorrentes.

—————–

Tabela segunda fase – Faça o download do PDF atualizado com a tabela completa dos grupos de jogos, incluindo relação dos juízes e datas de publicação.

Classificação segunda fase – Faça o download do PDF atualizado com a pontuação dos concorrentes.

—————–

Tabela final da primeira faseFaça o download do PDF atualizado com a tabela completa dos grupos de jogos, incluindo relação dos juízes e datas de publicação.

Classificação final da primeira fase – Faça o download do PDF atualizado com a pontuação dos concorrentes.

—————–

O Campeonato Gaúcho de Literatura, valendo-se de uma livre inspiração no futebol, será dividido em quatro etapas.

Na Primeira Fase, competem 27 livros, divididos em 9 grupos, com 3 livros em cada um. A partir de esquema triangular, classifica-se o melhor de cada grupo e os 6 melhores segundos colocados.

Cada jurado foi convocado a determinar um placar para a partida, tornando possível estabelecer critérios de pontuação para a classificação ou desempate.

Na Segunda Fase, os 15 livros classificados serão divididos em 5 grupos de 3 livros cada um. Desses grupos, serão retirados mais 6 competidores – os 5 campeões e o melhor segundo colocado.

Na Semifinal, os 6 competidores serão divididos em dois triangulares. Os campeões de cada grupo disputam a grande final.

A fórmula pode não parecer tão simples. Mas garante que cada livro/time possa ter a avaliação de dois juízes diferentes, tornando a disputa mais interessante e construtiva.

E se houver muitos empates? Ou jogos sem placar? Bom… Os critérios de desempate seguirão a mesma lógica do futebol. Então, se duas ou mais equipes ficarem com o mesmo número de pontos, usaremos dos seguintes artifícios para a classificação: saldo de gols, gols pró e confronto direto. A partir da segunda fase, em caso de empate no saldo, o primeiro critério passa a ser total de pontos no campeonato.

LIVROS CONCORRENTES – “TIMES”

Os 27 competidores da primeira edição do Campeonato Gaúcho de Literatura foram selecionados a partir da relação de livros de contos lançados em 2008 e 2009 e que tiveram um destaque na imprensa e entre formadores de opinião.

Os livros concorrentes em 2010 foram:

A raiz dos louros – Faustino Machado
(7Letras / 2009)

Em cenários corriqueiros, como um bar, uma academia de ginástica e a própria rua, surgem personagens concretos e complexos. Cada conto mostra como as situações mais comuns escondem uma ampla gama de interpretações, sentidos e emoções.

Aroma hortelã – Joselma Noal
(Movimento / 2008)

Os temas de Joselma Noal são os do cotidiano: envolvem pais, mães, filhos, irmãos, tias, colegas de trabalho − enfim, a vida que conhecemos. Nada é surreal, nada contempla o delírio ou o sonho desvairado. Reconhecemos as personagens pelo que elas têm de humano e singelo.

As grades do céu – Susana Vernieri
(Libretos / 2009)

A obra reúne 13 contos, que abordam a relação entre a loucura e o desejo, mediadas pela imaginação e uma refinada ironia. Susana revela uma narrativa dinâmica, sem abdicar da densidade, em um hábil exercício de síntese. A partir da observação de tratamentos psiquiátricos, a autora compõe personagens anacrônicos.

Atalhos – Luís Dill
(WS Editor / 2008)

Os 20 contos de Luís Dill, extraídos da imprensa, recebem o tratamento humanista que só os bons escritores conseguem dar. Há meninos cometendo delitos, e outros assombrados (ou nem tanto) com as consequências de seus atos. Há meninas se tornando mulheres de forma abrupta e outras testemunhando as asperezas da vida.

Cris, a fera – David Coimbra
(L&PM / 2008)

Se você é daqueles que acredita que mulher é o sexo frágil, não leia este livro. Aqui você verá exatamente o contrário: mulheres famintas de sexo, poder, vingança ou qualquer coisa que possa destruir a vida de um incauto. Uma noite de loucuras poderia custar muito caro.
Às vezes, até mesmo a própria vida.

Das Travessias I – Sergio Napp
(WS Editor / 2008)

A ideia primordial de Das Travessias I é a transversalidade das várias linguagens oferecidas ao leitor, o que possibilita a leitura não somente de cada texto, mas também do universo autoral. O autor sustenta os textos com uma boa história, permitindo a leitura do texto e a sua consequente interpretação, com prazer e deslumbramento.

Entre facas – Liziane Guazina
(Nova Prova / 2009)

Entre facas é formado por 22 contos curtos, divididos em três capítulos que remetem a tipos de facas – canivete, punhal e navalha. O livro é uma coletânea de contos escritos entre os anos de 2002 e 2008, durante ou a partir da experiência em oficinas literárias.

Escuro, claro – Luis Augusto Fischer
(L&PM / 2009)

O livro reúne contos divididos em O império de Eros, A força de Tânatos e A bênção de Machado de Assis, nos quais o autor homenageia criações e o pensamento do escritor brasileiro ao mesmo tempo em que se utiliza da ótica machadiana para abordar questões da atualidade.

Flores da cor da terra – Lívia Petry
(Nova Prova / 2009)

Os contos de Flores da cor da terra trabalham várias questões da atualidade, entre elas os relacionamentos, as questões sociais e a identidade regional. As histórias abordam várias questões pertinentes à modernidade, tais como a tolerância sexual, a violência nas grandes cidades e a solidão de quem vive no campo.

Fora do lugar – Rodrigo Rosp
(Não Editora / 2009)

Neste livro, o autor provoca, nas 13 narrativas, uma sensação de estranhamento e nonsense. Com uma mistura de ironia, lirismo e perversidade, Rosp cria um universo de símbolos onde reina a inadequação.

Guerrilha e solidão – Valdomiro Martins
(Literalis / 2008)

A narrativa cavalga os pampas com um ponto de vista nada comum na literatura gaúcha e por isso mesmo se apresenta surpreendente. Guerrilha e solidão, de Valdomiro Martins, é um livro de contos numa análise cáustica e crua do que foi a vida dos negros gaúchos e seus descendentes.

Mar quente – Enio Roberto
(Dublinense / 2009)

Mar quente, de Enio Roberto, é um panorama narrativo multifacetado e orgânico. Cada fragmento anguloso participa da construção de uma harmonia sutil e variada, e é completo dentro de sua natureza, seja ela irônica, ácida ou obscuramente subjetiva. Em 14 contos, diferentes vozes são levadas por diferentes paixões.

Minicontando – Ana Mello
(Casa Verde / 2009)

Minicontando reúne 100 minicontos da autora Ana Mello. Histórias breves que nasceram em blogue e agora passaram ao papel para andarem mais longe e alcançarem leitores que não têm facilidade para usar a rede ou que querem guardar uma dose das invenções da autora, reunindo temas sobre humor, amor e morte.

No limite dos sentidos – Jacira Fagundes
(Movimento / 2009)

No limite dos sentidos é o segundo livro de ficção de Jacira Fagundes. A autora constrói em seus contos personagens densos e relatos. São histórias de amor, de desejo e de silêncios que revelam muito da família dos dias atuais e de cada um de nós, com nossos perfis, trajetórias, conquistas e dramas pessoais.

O batedor de faltas – Claudio Lovato Filho
(Record / 2008)

Em 17 contos, Cláudio Lovato Filho explora literariamente todo o imaginário que cerca o jogo de futebol. O craque que não consegue se adaptar à vida fora dos gramados, a cabeça do artilheiro na hora do gol, a imaginação da criança ao sentar pela primeira vez na arquibancada ao lado do pai.

O girassol na ventania – Marco De Curtis
(Dublinense / 2009)

A fragilidade do que é humano, dos vínculos afetivos, ora aparentemente sólidos, a estruturar o sentido de nossas vidas, ora frágeis, quebradiços, dissimulados ou dissipados pela urgência dos tempos modernos é do que tratam os sete contos de O girassol na ventania e outras histórias.

O homem perplexo – Edgar Aristimunho
(Dom Quixote / 2008)

O homem perplexo possui personagens que tentam compreender o que se passa ao seu redor, refletem sobre isso, por vezes tomam atitudes impensadas, desconexas, desencontradas; noutras, suas atitudes parecem acertadas num primeiro momento, para se revelar mais adiante absurdas e sem propósito.

O ideograma impronunciável – João Kowacs Castro
(Dublinense / 2009)

Neste livro, as personagens que não compreendem o que se passa são atingidas pelo destino, enquanto vagam por uma realidade inverossímil, urbana e mística. Influenciado pela música e pelo cinema, o escritor une símbolos inter-relacionados. O estranhamento, a violência, a falta de sentido e o humor estão presentes.

O silêncio dos amantes – Lya Luft
(Record / 2008)

Em O silêncio dos amantes, Lya Luft traz histórias ligadas por alguns de seus temas prediletos – a incomunicabilidade e o silêncio entre pessoas que se amam ou deviam se amar, os conflitos familiares, a busca de um sentido da vida, mas também magia e amor nos relacionamentos.

Play – Ricardo Silvestrin
(Record / 2008)

Play reúne 17 histórias que, a partir de um fragmento do cotidiano, transformam-se em um instrumento de exploração da condição humana. Neste livro, que marca a estreia de Ricardo Silvestrin no gênero do conto, encontramos um narrador com absoluto domínio da escrita.

Pó de parede – Carol Bensimon
(Não Editora / 2008)

Nas três histórias de Pó de parede, as personagem encaram com sarcasmo e delicadeza as suas desilusões, revelando o lado melancólico da juventude. Alice, as irmãs Lina e Titi e a aspirante a escritora Clara são as personagens do livro.

Raiva nos raios de sol – Fernando Mantelli
(Não Editora / 2008)

Através de imagens, o autor conduz o leitor a uma realidade crua, dolorosa, que avassala sonhos, vidas e projetos. Por trás de cada ação dos personagens, existe uma busca pela felicidade, que, muitas vezes, se confunde com a luta pela sobrevivência.

Sinfonia às avessas – Waldomiro Manfroi
(Letra & Vida / 2009)

Qual detetive no exercício do seu ofício, para identificar indícios, as personagens de Waldomiro Manfroi se utilizam de murmúrios, pequenos sinais dos rostos, das dobras das pernas, de sabores, de cheiros e de gestos, para concretizar reencontros perdidos através das décadas.

Tempos frágeis – Marilice Costi
(Movimento / 2009)

Marilice Costi brinda o leitor com a coletânea de contos Tempos frágeis. A atmosfera dos seus contos é forte, densa, transbordante de realidade bruta, tanto mais bruta quando se assume como normalidade. A autora é uma fina crítica da realidade, das relações interpessoais falidas, da miséria, da exclusão social e da solidão.

Trocando em miúdos – Luiz Paulo Faccioli
(Record / 2008)

Luiz Paulo Faccioli se inspira nas músicas de Chico Buarque para criar as 15 histórias deste livro, narrando, principalmente, as muitas consequências do amor. Como Suburbano coração, que transforma-se na história de uma mulher que fica postada na janela e encontra prazer ouvindo uma canção na vitrola que fala de um amor que vai chegar.

Um guarda-sol na noite – Luiz Filipe Varella
(Dublinense / 2009)

Composto de 23 contos, este livro tem como temática as relações familiares, o dia a dia dos empregos, dos bares e das ruas da cidade e, sobretudo, o convívio doméstico. A rotina apenas mascara o mal que se esconde sob a previsibilidade aparente.

Veja se você responde essa pergunta – Alexandre Rodrigues
(Não Editora /2009)

Este não é um livro em que os personagens buscam a felicidade. Não explicitamente. Na real, são indiferentes à felicidade e também à infelicidade. Não que não se importem. Simplesmente não pensam nela.

Anúncios

4 respostas para EDIÇÃO 2010 – Contos

  1. Marta Martinz disse:

    Gostei muito desse espaço voltado para a bela arte de escrever. Parabéns.

  2. marta maronez cigaran chaves disse:

    qualquer espaço que dê visibilidade e publicidade à literatura é sempre bem-vinda!!! bela iniciativa do povo gaúcho!

  3. mkalves disse:

    Puxa… pena que demorei para descobrir isso! Acompanharei o campeonato daqui em diante! E já na torcida pelas próximas edições.

  4. Cleo Oliveira disse:

    Mais uma grande idéia que merece nosso apoio e divulgação.
    Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s